Próximos Workshops
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Bolo de farinha de milho com amêndoa e laranja


Gosto de ter a minha casa cheia de livros. Preciso de andar sempre a ler um ou mais livros. É como se tivesse sede e fome de palavras, de ideias, de andar sempre a viajar pelas histórias, pelas páginas dos livros.

Estive, ontem, na Biblioteca Municipal de Oeiras a falar de "Livros que nos inspiram a cozinhar" numa actividade integrada no Dia Mundial do Livro. Para além de apresentar duas receitas, uma do Cozinha para Dias Felizes e outra do Delicioso Piquenique, falei de alguns dos muitos livros que ao longo destes anos me têm inspirado a preparar receitas, a querer ir para a cozinha, a fazer memórias, a visitar restaurantes ou cidades durante algumas das minhas viagens. Entre os vários títulos de que falei destaco: Cinco Quartos de Laranja, Chocolate e Vinho Mágico da Joanne Harris, Os vários sabores da vida, Receitas de Amor e A Rainha dos Gelados de Anthony Capella, Julie & Julia e As Aventuras da Carne de Julie Powell, A Festa de Babette de Karen Blixen, A Viagem dos Cem Passos de Richard C. Morais, Como Água para Chocolate de Laura Esquivel. Da literatura portuguesa referi Longe de Manaus de Francisco José Viegas, O Primo Basílio de Eça de Queirós e o Cozinheiro do Rei D. João VI do chef Hélio Loureiro. Para cada livro partilhei pequenas curiosidades, o que me inspirou e que receita ou receitas fiz. Houve livros, como por exemplo o Comer, Orar e Amar de Elizabeth Bard, que me inspirou para além de cozinhar a ir visitar a cidade de Lucca, pela descrição que fez dos talhos e dos mercados.

Cada livro esconde emoções, viagens, momentos e até receitas. Só precisamos de os abrir e começar a viajar em cada palavra, em cada frase.

E para acompanhar uma boa leitura nada como um chá e uma fatia de bolo. Por isso, hoje, deixo-vos um bolo de farinha de milho com amêndoa e laranja para tornar as vossas leituras ainda mais saborosas.


Bolo de farinha de milho com amêndoa e laranja

Ingredientes:
150 g de farinha de milho
100 g de farinha para bolos com fermento
50 g de amêndoa em pó
180 g de açúcar
1 saqueta (7,5 g) de açúcar baunilhado
185 g de manteiga sem sal
4 ovos médios
Raspa de 1 laranja
150 ml de sumo de laranja
Sal q.b.


1. Bater a manteiga com os açúcares.

2. Adicionar as gemas uma a uma e bater muito bem em cada adição.

3. Juntar as farinhas, o sal, a raspa e o sumo de laranja. Mexer.

4. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal.

5. Envolver as claras no preparado anterior.

6. Colocar a massa numa forma rectangular untada com margarina.

7. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 45 minutos.

20 comentários :

  1. As Crónicas de Redwall são um paraíso de inspiração culinária!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miranda,
      vou ver se encontro. Fiquei curiosa.
      Obrigada.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Hoje vim conhecer este delicioso site e já me deparo com exemplos realmente inspiradores de livros que são um convite à boa mesa. Alguns se tornaram filmes de sucesso e ajudaram a nos aguçar com a cozinha em movimento, os livros trabalham a imaginação e os filmes trabalham a instigação! rsrs
    Parabéns pelo trabalho!
    http://deliciasdavodeo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andrea,
      muito obrigada pela visita. Espero que volte.
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Que bom aspeto! Posso perguntar que farinha de milho usou? Branca ou Amarela?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cozinha100segredos,
      usei farinha de milho amarela.
      Obrigada.

      Eliminar
  4. Parabéns pelo blog. É excelente e passo por cá muitas vezes. Também adoro cozinhar e ler. Li quase todos os livros que refere. Quero sugerir os seguintes livros que também são sobre o gosto da culinária: AS LIGAÇÕES CULINÁRIAS de Andreas Staïkos, DE QUE SÃO FEITOS OS SONHOS de Melissa Senate, A CONGREGAÇÃO DA COZINHA de Nora Seton. Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luísa,
      muito obrigada pelas sugestões. Não conhecia e vou procurar. Adoro ler livros com ligações à comida.
      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Boa noite. Poderia dizer-me onde comprou as louças da imagem? São muito bonitas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      a travessa onde coloquei o bolo comprei no El Corte Inglés, os pratos de sobremesa encontrei-os na Casa. A chávena de chá comprei-a numa loja na Ilha Terceira numa das vezes que lá estive. Os talheres são Zara.
      Espero ter ajudado.
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. Hmm, tão amarelinho :) Vou apontar p fazer um fds destes :) Bjinhos e bom fds!

    ResponderEliminar
  8. Que tom de amarelo tão bonito! Uma óptima ideia para este fim de semana chuvoso.

    ResponderEliminar
  9. A finalidade perfeita para a farinha de milho que tenho a passar a validade aqui em casa :)
    Beijinhos
    Petiscana

    ResponderEliminar
  10. Para quem às vezes tem de cozinhar para um doente celíaco, ver "de farinha de milho" foi uma alegria - mas afinal para esta receita também é preciso farinha de trigo. Por isso lanço o desafio - que tal uns bons bolos sem glúten? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa Senhora da Procrastinação,

      desafio aceite! :)
      Obrigada.

      Eliminar
  11. Será que experimentando só com farinha de milho tb ficará bom? Hei-de experimentar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      só com farinha de milho é capaz de não ficar tão fofo. Mas nada como experimentar!
      Um beijinho.

      Eliminar
  12. A cidade de Lucca apaixona-me, gostei muito de lá estar, nomeadamente por ser a cidade natal de um dos meus compositores preferidos... Puccini.
    Este bolo parece-me perfeito para um chá e eu que ando a fazer adaptações aos meus bolos porque não posso comer gluten parece-me uma excelente receita para adaptar.. é só trocar a farinha para bolos por mais de milho ou de arroz vamos ver como corre, espero que não faça muita diferença :) Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cátia,
      espero que tenha corrido bem o bolo.
      Adorei visitar Lucca! :)

      Um beijinho.

      Eliminar