Próximos Eventos
Lisboa 15 de Dezembro 2018
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Natal com Parmalat (manhã)
 
 
15h30 - 18h30      Workshop Natal com Parmalat (tarde)
Inscrições Encerradas
Porto 12 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h30 - 13h30      Workshop Pequenos-almoços Rápidos, Práticos, Saudáveis
 
 
15h30 - 19h30      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: work@sott.pt
Lisboa 19 de Janeiro de 2019
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Pré-preparações e Refeições da Semana
 
 
15h00 - 19h00      Workshop Vamos Fazer Pão?
Inscrições/Vouchers ofertas de Natal: escola@istofaz-se.pt

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Uvas

Curiosidade: Por cá, nos EUA, as uvas não têm graínhas! Prático, não?!

10 comentários :

  1. É "simples": uvas geneticamente modificadas. ;-)

    ResponderEliminar
  2. Que delicado esta maneira de vender uvas...
    Bjo, Nina.

    ResponderEliminar
  3. É a primeira vez que entro no seu blog e vejo essa imagem linda e apetitosa.

    Se der me visite
    Até
    Alessander Guerra
    www.cuecasnacozinha.com.br

    ResponderEliminar
  4. Pois,... por cá (Portugal) também já tenho encontrado uvas without seeds...

    Tenho visitado o blog e as últimas fotos são lindas: espero que reflexo da viagem!

    ResponderEliminar
  5. Muito prático!
    às vezes é cada trincadela nas sementes, jazuz! :o)

    (serve ainda o presente para informar V. Exa. que consta de uma corrente de amizade que coloquei no meu Cheiros e Paladares. Apesar de não nos conhecermos, sou tão assídua visitante do teu blogue que quase parece! ;))

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. é como aqui no UK... a verdade é que além de deliciosas são mesmo muito, muito práticas!! :)

    ResponderEliminar
  7. Estou amando estas tuas fotos.Me sinto viajando.

    ResponderEliminar
  8. E não são só as uvas... as melâncias também se encontra em duas variantes: com ou sem graínhas. Cada um escolhe o que prefere, embora eu não perceba porque razão alguém havia de preferir uvas e melâncias com graínhas! Mas nunca se sabe, há puristas em todos os ramos desta vida :-)

    ResponderEliminar