sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Polvo Assado no forno com batata-doce

Receita encontrada no www.receitasemenus.net. O polvo fica muito tenrinho e o molho é uma delícia.

Ingredientes:
1,5 kg de polvo
sal e pimenta q.b.
1,5 kg de batata-doce
1 cebola grande
2 dentes de alho
600 g de tomates
1 folha de louro
2 dl de vinho branco
1 dl de azeite
1 ramo de salsa
colorau q.b.


Lave o polvo, retire-lhe a cabeça e separe-lhe os tentáculos. Tempere com sal e pimenta. Coloque o polvo num tabuleiro, junte-lhes as batatas-doces, previamente lavadas e cortadas às rodelas, a cebola, os alhos e o tomate picados, a folha de louro, colorau, o vinho branco e, por fim, regue com o azeite e polvilhe de salsa picada. Leve a assar em forno a 170ºC pelo menos uma hora. Sirva de imediato.


17 comentários :

Marcia disse...

Oba!!! o maridão principalmente mas eu também, vamos nos jogar nesta receita. Indo para a praia em março, espero que seja uma boa época para pescar os polvos (polvo se pesca?) .. faremos.
bjs

Isabel Salvador disse...

maravilha doro polvo....e com batata doce ......hummm..já tinhavisto tb uma receitinha de polvo asado assim com a nossa amiga anocas dos petiscos......bjokas

Marizé disse...

Que receita maravilhosa. Eu gosto muito de polvo assado no forno tenho de experimentar com a batata doce pois o aspecto é magnifico.

Beijocas e bom fim de semana

Isabel (pipoka) disse...

O polvo casa maravilhosamente com batata doce (faço uma salada quente com os 2 que fica bem bom, modéstia à parte). A tua receita está com um aspecto magnífico. Eu nunca arriscaria assar o polvo sem primeiro lhe dar um "aperto" na panela de pressão, tenho sempre receio de que fique duro. Para a próxima arrisco!

bjs

Suzana disse...

Bela combinação a de polvo com batata doce - definitivamente tenho de provar!

Bj

risonha disse...

eu, que vivo aqui perto da zona onde se produz das melhores batatas doces do país, curiosamente não aprecio muito batata doce na comida. em doces ainda vai, mas na comida não me diz nada
mas como gosto muito de polvo acho que me vou sentar á mesa, pois o cheirinho chega até aqui.

Anónimo disse...

Hummmmmm!!!!!POLVO quem não gosta?
Eu adoro, está uma bela combinação
Será que sobrou alguma coisita????

bjs...janeca

claudia disse...

Olá...fiz esta receita a semana passada mas pus batatas normais, não tinha doces...ma stb ficou delicioso!

Isabel de Miranda disse...

adoro polvo não sei é se gosto com batatas doces!!!Mas não à nada como experimentar...beijinhos doces

Salomé disse...

Olá laranja com canela, tens um prémio no meu blog, vai lá espreitar ;) Beijinhos, Salomé

Anónimo disse...

Polvo! Tudo de bom.
Muitas boas lembranças de férias nas praia.

Até.

Davi Silva

Anónimo disse...

Também nunca experimentei polvo assado no forno, com receio de que ficasse muito rijo. Mas depois de ver este seu prato magnífico fiquei com imensa vontade de experimentar.E como gostamos muito de batata doce de todas as maneiras, (até cozidas com bacalhau!!!)vai servir em breve.
Parabéns pelo seu Blog e Feliz Ano Novo.

Sylvia disse...

Nunca fiz polvo, mas adoro.Quando sair de ferias , vou ver se faco esta receita

Ti Caty disse...

Adoro polvo e batata doce, acho que vou experimentar, só tenho receio é que o polvo fique rijo.Nunca consigo acertar na cozedura do polvo. Parabéns pelo teu blog

Mónica disse...

Cá em casa somos todos fãs de polvo mas confesso que nunca comemos batata doce. Acho que é uma boa receita para ficar a "conhecer" o sabor da batata doce, pois está com um óptimo aspecto!!!

Ti Caty disse...

Oi. Gosto muito de polvo, e com batata doce então, é delicioso. Experimentei fazer esta receita, mas esteve no forno 2h a 170º, será que fiz alguma coisa mal? Achei tempo demais pois tu dizes que o teu demorou 1h.

Laranjinha disse...

Olá Ti Caty,

as temperaturas e os tempos são sempre relativos. Há vários factores, se aqueceste o forno ou não, se é gás da companhia ou gás de botija.

Mas e o polvo, ficou uma delícia ou nem por isso?

Eu voltei a fazer esta receita, em casa da minha mãe e também foi aproximadamente duas horas, mas o polvo ficou muito tenro e delicioso.

Beijinhos,