Próximos Workshops
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Salada de quinoa vermelha com abóbora assada


Desde que comecei o Cinco Quartos de Laranja que cada vez mais procuro ler sobre comida e história da alimentação. Na última edição da revista Comer, Duarte Calvão, fala-nos das tendências no mundo dos sabores para 2014. No seu artigo expõe a opinião de quatro especialistas portugueses na área, Fátima Moura, Paulina Mata, José Bento dos Santos e Miguel Pires. De uma maneira geral, as tendências para 2014 continuam a ser ditadas por alguns chefs de renome que buscam novos produtos, ervas, bagas nas florestas do norte da Europa ou na Amazónia. O deslumbramento por novas técnicas parece estar a passar e dar lugar à procura de "produtos que contam uma história", muitas vezes servidos crus. Esta tendência naturalista está na moda, mas por cá os chefs parecem ainda não seguir muito este caminho. São apontadas ainda outras tendências como a descoberta gastronómica do continente africano, com muitas frutas e legumes a explorar, a "comida de rua" de chefs é algo muito comum lá fora e que pouco a pouco vai ganhando terreno entre nós e consideram também que os petiscos, talvez influenciados pelas tapas de nuestros hermanos, serão também uma tendência em 2014.

Pessoalmente, de uma maneira geral, sou da opinião que cada vez mais as pessoas se preocupam com a qualidade do que comem. A pouco e pouco essa será ou já é uma tendência. Há cada vez mais pessoas preocupadas com a origem e variedade das frutas, legumes, carnes e peixes que colocam à mesa. Tendência para "descobrir" novos cereais, como por exemplo, o teff, considerado a nova quinoa. A alimentação como potenciadora de saúde e bem estar, vai ser certamente uma tendência.

Independentemente das tendências, cá por casa adoramos saladas. Em todas as alturas do ano, uma salada é motivo de uma refeição saborosa. Hoje deixo-vos uma deliciosa salada de quinoa vermelha com abóbora assada que fiz para a edição de Julho de 2013 da revista Saber Viver.


Ingredientes:
200 g de quinoa vermelha
500 g de abóbora Hokkaido
1 dl de azeite
1 colher de sopa de sementes de cominhos
30 g de salsa
50 g de amêndoa sem pele em palitos tostadas
100 g de folhas de espinafre (ou outras folhas verdes)
200 g de queijo feta
Sal e pimenta-preta q.b.


1. Cortar a abóbora em pequenos cubos. Polvilhar com as sementes de cominhos e regar com 0,5dl de azeite. Levar, num tabuleiro, ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 30 minutos. Deixar arrefecer.

2. Lavar a quinoa. Colocá-la numa panela com água e levar ao lume até estar cozida. De seguida escorrer e deixar arrefecer.

3. Numa taça colocar a abóbora assada, a quinoa cozida, o queijo feta cortado em cubos, as folhas de espinafres e a amêndoa tostada.

4. Polvilhar a salada com a salsa picada. Temperar com sal e pimenta-preta a gosto. Regar com o restante azeite, mexer e servir.

7 comentários :

  1. Hummm
    Eu sou cada vez mais fã das saladas... e esta tem um excelente aspecto!
    Quero experimentar :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei tem óptimo aspecto ;)
    http://acozinhadaovelhanegra.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Isabel, nunca provei a quinoa! Mas é um ingrediente que ando a namorar. E depois de ver esta tua salada, tenho a certeza que quero mesmo provar, pois cá em casa também somos muito adeptos das saladas e gostamos de variar.
    Um beijinho. ;)

    ResponderEliminar
  4. uma excelente sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Nunca comi nem cozinhei quinoa vermelha!
    Vou ver se encontro para experimentar. Essa salada ficou com aspeto altamente nutritivo.

    ResponderEliminar
  6. Comprei quinoa vermelha, mas os grãos são muito pequeninos. Há alguma diferença na cozedura'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      eu cozo a quinoa durante aproximadamente 10 a 12 minutos. Gosto que fique crocante. Depois escorro com um passador fino para os grãos não passarem.

      Eliminar