Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

terça-feira, 19 de abril de 2016

Hambúrgueres e outras coisas boas no Cais da Pedra


O chef Henrique Sá Pessoa há muito que se tornou um dos mais mediáticos chefes portugueses, não só através dos vários programas de cozinha que tem feito para televisão, como pelo trabalho que tem desenvolvido nos projectos de restauração em que participa. Um dos mais conhecidos é o Alma, que reabriu no Chiado. E o outro, é o Cais da Pedra, que abriu portas em 2013.

Há muito que queria conhecer este último restaurante e a oportunidade surgiu através de um convite para um almoço num dos fins-de-semana de Março. O restaurante fica na Avenida Infante D. Henrique, junto ao Tejo, com uma vista magnífica para o rio. Assim que entrei, pareceu-me viajar no tempo até à cidade de Nova Iorque. A decoração, o espaço amplo e luminoso, os espelhos, as mesas com tampo de mármore, fizeram-me lembrar alguns espaços que tive a oportunidade de visitar quando estive nesta cidade. À minha volta quase todas as mesas ocupadas com turistas, casais, grupos de amigos e muitas famílias com crianças. Casa cheia.


Da sala vê-se a azáfama da cozinha e os pratos que chegam ao balcão para seguirem para as respectivas mesas abrem-nos o apetite. Enquanto escolhíamos, fomos petiscando uns croquetes que chegaram quentinhos, muito suculentos e macios. Não resistimos também a ensopar pão no azeite com vinagre balsâmico e a provar as azeitonas.

O Cais da Pedra não serve apenas hambúrgueres, existem também outras opções. A carta divide-se em entradas, saladas, hambúrgueres, acompanhamentos, clássicos do chefe e sobremesas.

Começámos o nosso almoço com uma sopa da estação, neste caso de abóbora com queijo fresco e uma salada de queijo cabra com morangos. A sopa cremosa, aveludada. Os aromas doces da abóbora contrastaram de forma deliciosa com a frescura do queijo. A salada, com uma interessante mistura de sabores e texturas, folhas verdes, morangos, maçãs, cogumelos, pinhões, passas e um molho vinagrete com mostarda e mel, foi uma entrada que se revelou muito fresca.


Achei que ir ao Cais da Pedra, na primeira vez, era quase obrigatório optar por um hambúrguer. Para prato principal escolhi o hambúrguer que tem o nome da casa com queijo da ilha, alface, cebola caramelizada, compota de tomate cereja e manjericão. A acompanhar batatas fritas. Que bom que estava. A carne tenra e suculenta a contrastar de forma gulosa com a cebola caramelizada.


Veio para a mesa também um prato clássico do chef Henrique Sá Pessoa, bochechas de porco alentejano com puré de batata-doce e couve salteada com bacon. Um prato cheio de sabor. A carne tenra, suculenta, em que cada garfada nos deixa a suspirar por mais. Da ementa, fiquei com vontade de voltar para experimentar mais alguns hambúrgueres - entre eles o Rossini com foie gras, e dos pratos clássicos, o bife da vazia feito na frigideira com alho, louro, vinho branco, presunto e batatinhas fritas a acompanhar, numa próxima visita não nos escapa.


Para a sobremesa, deitei um olhar à tentadora tarte banoffee - com banana, doce de leite e chantilly, mas acabei por me decidir pelo crumble de maçã e framboesas servido com uma bola de gelado de baunilha. Um clássico que é sempre uma maravilha.


Nestes dias de Primavera, o Cais da Pedra é uma boa sugestão para uma refeição em família, com um grupo de amigos ou simplesmente com alguém querido. Vão com tempo para aproveitar o espaço e saborear a deslumbrante vista para o Tejo.

1 comentário :

  1. Excelentes opções, num magnífico espaço!

    http://vinhosecompanhias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar