Próximos Workshops
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Sargo grelhado com batatas salteadas em alho e salsa


A minha família é ponto de partida para muitas coisas. Foi com ela que recebi princípios e valores que fazem de mim a pessoa que sou. É a ela que gosto de voltar depois de dias atribulados. É com ela que encontro uma certa paz e tranquilidade. A minha família, é também influência ou ponto de partida para algumas das comidas que faço.

Quando vivia numa casa com quintal, num prédio antigo, em plena cidade de Lisboa, uma das coisas que fazia assim que os dias bonitos, de sol, chegavam, era colocar a mesa e respectivas cadeiras ao ar livre, à sombra de um dos limoeiros. Juntava muitas vezes a família para almoços demorados em que a estrela era o peixe grelhado. Depois de mudar de casa, o encanto pelo peixe grelhado, feito em casa, desvaneceu-se. Ao longo destes anos, os grelhados de peixe resumiram-se ao salmão, a umas lulas e penso que pouco mais.

Num destes dias o Ricardo e eu fomos comer a casa dos meus sogros e o jantar foi peixe grelhado. Umas suculentas postas de peixe espada preto chegaram-nos ao prato a pedirem um fio de azeite e que as degustássemos sem mais demoras. Soube tão bem este peixe grelhado.

No passado fim-de-semana fui visitar os meus pais. Almoço com a minha mãe. Visita à horta. Ao final do dia, chega então o meu pai, vindo das suas pescarias com os amigos. Que sorte a minha! Trouxe uns sargos fresquinhos para o almoço do dia seguinte. E sabem como é que decidi preparar este peixe com sabor a mar? Grelhado.


Sargo grelhado
Ingredientes para 2 pessoas:
2 sargos
Sal grosso q.b.
Azeite q.b.

1. Colocar o sal nas guelras do peixe.

2. Colocar a grelha/chapa no fogão e deixar aquecer bem.

3. Pincelar muito bem os sargos com azeite de ambos os lados.

4. Colocar o peixe na grelha. Assim que estiver grelhado de um lado, virar.


Batatas salteadas com alho e salsa

Ingredientes para 2 pessoas:
4 batatas
2 dentes de alho
Azeite q.b.
Salsa q.b.
Sal q.b.

1. Cozer as batatas com a pele. Depois de cozidas cortar em cubos.

2. Colocar um pouco de azeite numa frigideira. Levar ao lume com os dentes de alho bem picadinhos. Assim que começar a frigir, adicionar as batatas. Temperar com um pouco de sal. Deixar cozinhar um pouco.

3. Polvilhar com a salsa picada. Mexer e servir.


Servir com grelos cozidos ou com salada de folhas verdes. Que bem que nos soube este peixe grelhado! Acho que vou fazer mais vezes cá em casa.

3 comentários :

  1. Tenho tantas saudades de comer sargo! Traz-me boas memórias de infância! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Que peixinho bom,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  3. Traz memórias dos Sábados lá em casa (Tavira) é sempre dia de peixe grelhado ao almoço e se houver são sempre sardinhas, no entanto se els estiverem magras temos sargo, cavala etc :D Que delícia só não choro porque a minha mana me trouxe na mala postas de robalo fresco apanhado por um amigo (na mala de mão no avião hehehe)

    ResponderEliminar