terça-feira, 17 de Maio de 2011

Túberas com manteiga e coentros e a realização de um desejo


A caixinha chegou pelo correio. Quando vi o remetente, os meus olhos riram-se de entusiasmo. A caixa que segurava nas mãos continha túberas, vindas de Estremoz. Túberas! Conseguem imaginar o meu entusiasmo. Eu parecia uma criança dentro de uma loja de guloseimas a tentar ver o que a caixa continha. Era a primeira vez que ia ver túberas "ao vivo".

Um dos desejos que gostaria de ver concretizados em 2011 era comer túberas. Nunca encontrei túberas à venda, sei que se encontram na região do Alentejo (e Ribatejo) e são aí muito apreciadas. A minha querida amiga Cristina Lebre teve a amabilidade de me ajudar a realizar este desejo. Na minha vida tenho tido a sorte de me cruzar com pessoas maravilhosas e a Cristina é uma delas!


Para as cozinhar segui a receita da Cristina à risca, tanto que até deixo algumas das suas indicações dentro dos parêntesis retos.

Ingredientes:
túberas
manteiga
2 dentes de alho
sal
coentros

1. Escovar as túberas com uma escova, de seguida raspar com uma faca até ficarem sem terra. [ Dizem para não molhar, que ficam mais saborosas ... mas eu lavei-as em água corrente depois de estarem arranjadas para tirar todos os "olhinhos de terra". É que depois não é nada agradável mastigar terra. ]

2. Depois de bem limpas cortar em rodelas grossas. [ Grossas porque se ficarem finas as túberas desfazem-se todas - rodelas com 8 mm por aí. ]

3. Esmagar um ou dois dentes de alho com pele e colocar num tacho anti-aderente com a manteiga.

4. Deitar as rodelas de túberas e colocar sal quanto baste. Deixar cozinhar bem de um lado e do outro. Polvilhar com coentros picadinhos [ mas pouco para não abafar o sabor das túberas. ]. Deixar cozinhar em lume brando. Assim que as túberas estiverem tenras, retirar do lume.


Em relação às túberas tinha mais curiosidade do que expectativas. Não fazia a mínima ideia que sabor ou textura poderiam ter. Por isso quando provei, gostei imenso. Não achei que tivessem grande sabor, mas sim textura. Um certo granulado, parecido com o que encontramos nas ovas. Gostei tanto que coloquei um prato ao lado do tacho e o que era só provar, passou a ser mais do que isso. Mais um pouco e nem havia registo! ;)

Na caixa, juntamente com as túberas vieram uns bombons de figo e chocolate. Uma delícia. Foram pequenos pedacinhos de paraíso para o meu palato. Obrigada Cristina.

17 comentários:

  1. Minha querida Laranjinha,

    Sabes?!
    O Srº Henrique telefonou-me e disse assim:
    - Já cá tem a encomenda para a Laranjinha.Soltando uma gargalhada!
    Imagina tu, o senhor do mercado que vende frutas e legumes guardar encomendas para uma Laranjinha!Hahaha! De vez enquando falamos em ti , mas como deves calcular é sempre uma grande risota... É que não é normal as Laranjinhas fazerem compras ...:D

    As fotografias ficaram lindas! :-)
    As túberas são bombons da mãe Terra e os Rabitos Royales são bombons do Céu!

    Laranjinha?!
    "...Como alguém dizia, a felicidade só faz sentido quando a podemos partilhar!..."

    Muito obrigada pela atenção[ magnifico POST] e pelas tuas palavras...

    Um grande beijinho

    Cristina

    ResponderEliminar
  2. Acho que também vou desejar isso...para 2012! Nunca provei e confesso que fiquei com uma curiosidade que não me cabe no peito! :) Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Beeeemmmm ... contigo estamos sempre aprender!
    Hoje foi dia de aprender/conhecer túberas! Pelo menos, para mim foi! :D

    ResponderEliminar
  4. Bip,
    obrigada. Para mim também foi uma novidade. Só conhecia de nome! :)

    Filipa,
    força. Eu também só agora consegui provar, mas valeu a pena.

    Cristina,
    obrigada por tudo.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Túberas.. isso deve ser muito bom... vou desejar.. elas e muita coisa boa para todos os meus dias. abraços, Adriana.

    ResponderEliminar
  6. Bom....devo confessar que fiquei com muita curiosidade, mas se não se vendem...... o melhor é manter um Senhor Henrique, bem simpático, que não se esquece de dizer a uma amiga que já consegui arranjar o manjar.
    Os amigos são realmente preciosos e são magnificos a formar redes para alcançarmos os nossos objectivos
    Mais um V na lista de 2011 (cá para mim chegamos a meio do ano e temos de arranjar uma outra lista
    :) Bjs

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia, nem fazia ideia do que era se as visse à venda. Será bom? Só se sabe depois de provar. :)

    ResponderEliminar
  8. Que privilégio!
    Ter uma amiga e ter um presente que vale ouro em suas mãos e aguçando o paladar...=)
    Fico a salivar imaginando o sabor, que deve ser muito bom!
    Um bejim grande, viu!

    ResponderEliminar
  9. Nunca comi e nem conhecia, parece-me um enorme previlégio poder provar uma iguaria dessas.
    É tão bom ter amigos assim :)
    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Sinto-me com sorte, pois já comi desta iguaria muitas vezes!
    Sou do Ribatejo, daí o meu conhecimento.
    Também são óptimas com ovos mas, a maneira que mais gosto é de fricassé, fica divinal.

    Maria João

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde a todos,

    estou realmente intrigado e muito curioso para provar tuberas.
    Alguem tem o contato de alguem de confiança que as venda?

    Muito obrigado,

    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro,

      eu não tenho nenhum contacto. Mas penso que se visitares algum mercado no Alentejo talvez as consigas encontrar, mas lá para a Primavera.

      Eliminar
  12. Não se se posteriormente já mais alguem comeu tuberas, eu sou de Vendas Novas, (terra das bifanas) e esta semana comi 2 vezes, sempre com ovos (caseiros por sinal) experimentem que é muito bom!!!

    Cumprimentos
    Paulo Fadista

    ResponderEliminar
  13. eu vendo tubera.. se algem qizer comprar deixo o meu contato ou mail..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E qual é então o seu contacto?

      Eliminar
  14. Vendo tuberas encomendas a partir de 1 de Março telefone 926089904

    ResponderEliminar
  15. Bom dia. Comprei à beira da estrada a caminho de Azeitão dois bons sacos de tuberas e outro tanto de espargos bravos. Tuberas muito bom. As trufas do alentejo.

    ResponderEliminar