Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

O que fazer quando nos sobra pescada cozida? Cannelloni de pescada com requeijão


A última semana foi cheia de compromissos e coisas boas, que me têm deixado feliz. Assisti na ACPP a uma demonstração culinária do chef Henrique Mouro com produtos do Alto Alentejo, os cogumelos desidratados, os pimentos em conserva e outros produtos da Terrius, carne alentejana, queijo de Nisa e os bons vinhos da Adega Mayor. As costeletas com crosta de broa e farinheira, servidas com puré de cardos e cogumelos trompeta negra, e o creme de castanhas piladas, pratos confeccionados pelo chef, ainda não me saíram da cabeça. Ver se um destes dias os experimento cá em casa.


Assisti ainda, à apresentação dos novos aromas da Nespresso, Kazaar e Dharkan, na Mãe d'Água nas Amoreiras, onde aprendi a degustar um café. Eu adoro café e estes novos lotes da Nespresso irão começar a fazer parte do meu dia-a-dia, já que finalmente tenho a questão da minha máquina de café resolvida. Os cafés da Nespresso são tão bons! A semana passada ainda houve tempo para conhecer o Ingrediente, um jornal do grupo Angelini que detém as marcas Bonsalt, Barral, entre outras. O Ingrediente é um jornal cheio de dicas e conselhos, principalmente sobre o consumo de sal e a hipertensão. É distribuído gratuitamente nas farmácias.


Terminei esta semana preenchida, como eu gosto, com dois showcookings, um no El Corte Inglés de Gaia, a apresentar receitas do Cozinha para Dias Felizes, e outro no Porto Wine Fest, a convite da IVO Cutelarias, onde apresentei receitas com vinho do Porto. Mas depois conto-vos como correu.


Estes últimos dias têm sido também atarefados na minha cozinha. E para quem como eu já regressou ao trabalho, deixo-vos uma sugestão de aproveitamento de peixe cozido, que pode ser uma boa ideia para levar na marmita para o trabalho, uns cannelloni de pescada com requeijão.


Ingredientes:
2 postas de pescada cozidas
1 embalagem de cannelloni
1 cebola
2 dentes de alho
1 dl de azeite
115 g de folhas de espinafres
2 requeijões
25 g de salsa picada
400 ml de molho bechamel
50 g de queijo da Ilha de São Jorge ralado
Noz moscada q.b.
Sal e pimenta-preta q.b.


1. Colocar o azeite num tacho e levar ao lume. Adicionar o alho picado e de seguida a cebola picada. Deixar frigir até a cebola quebrar.

2. Adicionar as folhas de espinafres picadas grosseiramente e envolver no preparado anterior.

3. Juntar os requeijões, a pescada desfiada e a salsa picada. Temperar com sal, pimenta preta e noz moscada a gosto. Envolver bem.

4. Rechear os cannelloni com o preparado de pescada e requeijão.

5. Dispor os cannelloni num tabuleiro de forno untado com manteiga e regar com o molho bechamel.

6. Polvilhar com o queijo ralado.

7. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 minutos.


Quem preferir pode usar folhas de massa fresca para fazer os cannelloni. Esta receita resulta muito bem também com sobras de outros peixes cozidos, como por exemplo bacalhau. Pode ser também uma excelente forma de aproveitar salmão grelhado. Desenvolvi esta receita para a edição de Maio de 2013 da revista Saber Viver.

A todos, votos de um resto de semana feliz.

12 comentários :

  1. Uma óptima sugestão para aproveitamentos sem dúvida! Ficou com um aspecto muito bom, e são deliciosos de certeza!*

    ResponderEliminar
  2. É mesmo uma boa sugestão para aproveitar restos de peixe! Têm um aspecto excelente!

    ResponderEliminar
  3. Gosto. Um prato italiano com sabores bem portugueses: adoro o queijo da ilha em substituição do parmesão :)

    ResponderEliminar
  4. Que delícia de sugestão!!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Isabel, fiquei a salivar com a tua introdução deste post. Tanta coisa boa junta. ;)
    E a tua sugestão de aproveitamento de peixe cozido para os cannelloni está uma verdadeira tentação. Beijinho e continuação de muito sucesso.

    ResponderEliminar
  6. Que óptima sugestão. Ficou delicioso.

    Selene

    ResponderEliminar
  7. Uma sugestão deliciosa...
    Perfeita para reciclar...
    Gostei...
    Obrigado por partilhares...
    Beijinhos né bom fim de semana....

    ResponderEliminar
  8. Um prato simplesmente divino!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Gira! E muito ocupada. ;) Obrigada pela companhia e pelas dicas.

    Uma beijoca*

    ResponderEliminar
  10. Se ve tan deliciosa. Gracias por esta receta.

    ResponderEliminar
  11. Nunca fiz cannelloni porque julgava que era muito complicado. Pensei que era preciso primeiro cozinhar a massa. Vou fazer a sua receita, vamos lá ver se a massa fica macia. Muito obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O truque para a massa ficar macia é colocar bastante molho para ela cozer.
      Se experimentar, depois diga-me como correu.
      Espero que goste.

      Eliminar