Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

terça-feira, 6 de julho de 2010

Irra, muita sardinha come esta gente!

Um dos sinais do verão e do tempo quente, por terras Lusas, é o cheiro a sardinha assada. Em Lisboa, nas festas de Santo António, não há tasca, colectividade ou restaurante que não tenha sardinhas assadas. O cheiro a sardinha assada enche a cidade. Nunca mais me esqueço, há uns anos, de manhã, num dos meus passeios a pé pela zona da Graça, de sentir um cheiro muito intenso a sardinhas e nisto, passa um grupo de turistas espanhóis. Um deles vira-se e diz: "Irra! Muita sardinha come esta gente!". Achei imensa piada. É um facto, no verão a sardinha é rainha.

Neste domingo convidei os meus amigos Sandra e Nuno para uma sardinhada no quintal, para relembrar os bons velhos tempos dos nossos almoços que outrora, terminavam com uma tablete de chocolate a passar de mão em mão, no meio de muito boa conversa.

Iniciámos a nossa refeição com com patê de azeitonas pretas com balsâmico, da Quinta do Negrão e um vinho rosé, Serradayres (touriga nacional e syrah) bem fresquinho.

As sardinhas foram acompanhadas com legumes cozidos e uma salada de alface, tomate e pepino. O vinho escolhido foi um verde, Quinta do Moinho de 2008.

Para sobremesa tivemos uma taça com frutas (cerejas, ameixas e alperces), gelado de chocolate e gelado da Carte d´Or de caramelo, canela e waffle.

Eu servi um bolo de natas e laranja que ficou uma delícia. Utilizei esta receita do sítio dos açúcares Sidul:

Bolo de natas e laranja


Ingredientes:
4 ovos
1 chávena (de chá) e meia de açúcar
sumo e raspa de uma laranja
2 pacotes de natas de 200 ml
1 colher de chá de fermento em pó
3 chávenas (de chá) de farinha
4 colheres de sopa de coco ralado
margarina para untar

1. Misturar os ovos com o açúcar.

2. Adicionar a raspa e sumo de uma laranja.

3. Juntar as natas, o fermento em pó, a farinha e o coco. Mexer muito bem.

4. Levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, numa forma de chaminé untada com margarina, durante 35 a 40 minutos aproximadamente. Antes de retirar o bolo do forno verificar a cozedura com um palito.


Depois do bolo, ainda houve lugar a uns quadradinhos de chocolate a acompanhar o café, em nome dos velhos tempos! ;)

8 comentários :

  1. Adoro toda a ementa, com excepção das sardinhas... IRRA...!!! eheheh...
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  2. Este fds tb houve sardinhada em casa dos meus pais!
    Só faltou a tablete de chocolate.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Aceito uma fatia do teu bolo, mas podes ficar com as sardinhas todas, lolol

    ResponderEliminar
  4. Eu ficava com a tablete de chocolate, a fruta e esse bolo, as sardinhas já as dispensava.

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. ol laranjinha
    ao tempo que nao vinha aqui
    mas ca estou para ver todas as novidades
    este bolo esta uma delicia
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Vou agora para a cozinha começar a fazer este bolo ;)

    ResponderEliminar
  7. O bolo é uma delicia, já fiz e já comemos. Obrigada. Beijos

    ResponderEliminar