Próximos Workshops
Lisboa 4 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h00 - 13h00      Doces Tradicionais de Natal
Inscrições: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Bolo de batata e chocolate


Há uma história sobre a introdução da batata na Europa que acho deliciosa e que li na obra Comida e Civilização de Carson I. A. Ritchie, há já uns bons anos.

A batata veio para a Europa logo a seguir à chegada dos europeus à América do Sul. Mas na altura, os camponeses olhavam-na com apreensão e receio. Foi considerada maléfica, cheia de energias negativas, associada à bruxaria e venenosa, por isso a sua expansão, no início, foi lenta. Conta-se que em França, Antoine-Augustin Parmentier, a quem se deve a invenção da batata frita, foi um dos grandes defensores deste tubérculo, dizendo que não era venenoso e que os seus concidadãos não deveriam ter receios em o consumir.

Pamentier influenciou o rei Luís XVI e foi este, com um pequeno truque, que conseguiu convencer os camponeses a cultivar a batata. O rei mandou semear um campo de batatas perto de Paris e colocou uma guarda real a vigiar o campo. Os camponeses curiosos começaram a questionar o que seria que ali estava cultivado, por certo algo valioso para estar a ser protegido com tais medidas de segurança. Finalmente, quando as batatas estavam prontas a sair da terra, o rei mandou retirar a guarda durante a noite e aguardou. Passado pouco tempo, as batatas foram sendo roubadas e assim começou a expansão da pomme de terre (maçã do chão). Hoje em dia quando encontramos numa ementa a inclusão de pratos à Parmentier (ou à la Parmentier) significa que levam batatas na sua confecção.

Ainda bem que Parmentier conseguiu influenciar o rei e que o consumo da batata se expandiu por toda a Europa. Hoje em dia, encontramos imensas variedades que podemos usar na nossa cozinha das formas mais variadas e criativas. Hoje, trago-vos um bolo de batata e chocolate que fiz para as Batatas de França. Este bolo fica macio e come-se a primeira fatia já a pensar na segunda.

Ingredientes:
200 g de puré de batata
300 g de açúcar amarelo
200 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
5 ovos
70 g de chocolate 70% de cacau
300 g de farinha com fermento
1 dl de leite
3 g de canela em pó
1 colher de chá de extracto de baunilha
Uma pitada de sal
100 g de avelãs
Manteiga ou óleo em spray para untar forma
Açúcar em pó para polvilhar


1. Para preparar o puré, cozer a batata cortada em cubos. Depois de cozida escorrer e reduzir a puré com um esmagador de batata. Deixar arrefecer.

2. Com uma faca ou com um robot de cozinha picar o chocolate.

3. Bater o açúcar com a manteiga.

4. Juntar as gemas uma a uma e bater entre cada adição.

5. Juntar o puré de batata frio, o chocolate picado, a farinha, o leite, o extracto de baunilha, a canela e o sal. Mexer muito bem.

6. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal.

7. Envolver as claras batidas na massa.

8. Colocar a massa numa forma redonda com fundo amovível, forrada com papel vegetal untado com manteiga ou com óleo em spray.

9. Dispor por cima da massa as avelãs cortadas ao meio.

10. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 60 minutos. Antes de retirar o bolo do forno, verificar a cozedura com um palito.

11. Servir o bolo polvilhado com açúcar em pó.


As batatas deixam o bolo macio, fofo e delicioso. Quem preferir pode adicionar as avelãs à massa do bolo.

19 comentários :

  1. Estou com o livro que referes entre mãos e é, realmente, muitíssimo interessante. Ainda não cheguei ao capítulo da introdução da batata. Quando acontecer, lembrar-me-ei de ti :)
    Muitíssimo interessante me parece também este bolo. Nunca usei batata em bolos. Pode ser que seja a altura :)

    Um beijo enorme,
    Ilídia

    PS: Gostei muito de te ver na TV ;) Uma verdadeira "star" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ilídia,

      o livro vale mesmo a pena. Quando o li, adorei.

      Muito obrigada.

      Um grande beijinho.

      Eliminar
  2. Este bolo ficou com um aspecto fantástico, e adivinha-se um sabor delicioso, adorei a sugestão :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  3. É uma sugestão fantástica e bolo ficou com bom aspecto!

    ResponderEliminar
  4. Bela sugestão...
    Vou experimentar, afinal leva chocolate :)

    ResponderEliminar
  5. Pela foto, ficou um bolo com uma cobertura bem bonita. Gosto muito de bolo de batata doce e chocolate, de modo que quero experimentar esta receita também, tenho a certeza que vai ser igualmente boa :)

    ResponderEliminar
  6. Batata e chocolate, uma combinação bem diferente! Mas a cara ficou ótima!
    bjs
    Felipe
    http://mundogastronomic.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Adoro bolos com ingredientes diferentes e este encaixa-se nessa categoria!!Vou colocar na lista!!!
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  8. Que deliciosa sugestão!!!
    Adorei! ... Como não :)
    Beijinho doce !

    ResponderEliminar
  9. Gosto tanto de bolos "diferentes" Isabel :)
    A batata deve torná-lo super macio, já gosto só de olhar para ele.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Olá...
    Que aspecto divinal :).... Beijocas...

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. A minha mãe gosta tanto de avelãs que tenho a certeza que este bolinho acabava num instante!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Laranjinha, estas quantidades dão certamente um super-bolo, não é assim? Adorei a recceita, já está anotada. Beijinho.

    ResponderEliminar
  13. Que maravilha Isabel!!
    Adoro bolos que incluem vegetais e esta sugestão é mesmo deliciosa!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  14. Bem! Que receita tão interessante! Adorei!

    ResponderEliminar
  15. Adorei a história das batatas. Afinal, a melhor publicidade é permitir que roubem os nossos produtos :)
    Se forem bons.

    ResponderEliminar
  16. Sou fascinada pela historia dos alimentos entao nem preciso dizer que amei a leitura. Alem da receita. Uma boa semana.

    ResponderEliminar
  17. Olá Isabel,
    Gostei muito deste bolinho, ficou lindo :)
    Kiss

    ResponderEliminar