Próximos Workshops
Lisboa 8 de Dezembro de 2016
5a-feira:
17h00 - 18h00      Entradas e Petiscos para a Ceia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 10 de Dezembro de 2016
Sábado:
10h30 - 13h30      Receitas para a Mesa de Natal
 
 
14h30 - 17h30      Presentes de Natal
Inscrições: formacao@acpp.pt   21 362 2705 ACPP
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Uma semana à mesa


Há semanas que são marcadas por momentos especiais. Apesar dos dias cinzentos e de chuva, participei em vários eventos que me deixaram feliz. Ser feliz é procurar viver intensamente tudo o que a vida nos oferece e por isso, esta foi uma semana especial.

Esta semana tive a oportunidade de ir para a cozinha do restaurante To.B preparar hambúrgueres com outras bloggers, nomedamente, a Suzana Parreira, a Catarina Beato e a Joana Soares. A experiência começou com a preparação da carne. No To.B os hambúrgueres são feitos com carne de vaca dos Açores. Usam carne da aba, do cachaço, do peito e do açém comprido. A carne é picada numa picadora com refrigeração. De seguida são moldadas bolas com 100g ou 160g. Vão ao frio e só depois seguem para grelhar na chapa, onde são temperados com apenas sal e pimenta. O conceito é smash burguer. E eu não resisti e tive que experimentar esmagar os hambúrgueres, com as espátulas. O que eu me divirto nestas ocasiões!

O pão usado para servir estes hambúrgueres é resultado de uma receita do chef Tomás Vasconcellos e tem uma aparência semelhante ao brioche, mas sem ser doce. Nem imaginam como é a torradeira. Nunca tinha visto uma máquina assim. De um lado, passamos o pão num cilindro que está sempre a rodar, para que fique barrado de manteiga. De seguida colocamo-lo numa espécie de escorrega e segue para a torradeira. Genial! Que perigo seria ter uma destas torradeiras cá em casa!?


Nesta visita ao To.B tivemos a possibilidade de perceber o cuidado que é colocado na confecção dos hambúrgueres. Percebi que os cuidados com o manuseamento da carne são muito minuciosos. Desde o modo como se prepara e que descrevi, até ao facto de as doses serem preparadas de acordo com as refeicções previstas ou seja quando sobra, essa carne picada terá que ter outro destino. Mas no To.B não são só os hambúrgueres que nos deixam satisfeitos. Aconselho-vos a provarem o crumble de maçã ou então uma fatia de brownie com gelado.

Uma das coisas que me agradou assim que entrei no restaurante foi a decoração e o ambiente. Mesas e cadeiras de materiais reciclados, em que o bom gosto é notório. Um ambiente que convida a trazer a família ou até ir ali lanchar numa tarde em que se tem tempo para desfrutar. Este é um espaço inspirador.

A meio da semana assisti ao lançamento do Guia de Restaurantes - Os melhores locais onde comer em todo o país da autoria dos críticos de gastronomia, Edgardo Pacheco e Fernando Melo. A apresentação decorreu no Continente de Cascais e no final houve uma degustação preparada pela chef Justa Nobre, que nos surpreendeu com uma sopa de lagosta com piri-piri e especiarias. O guia apresenta uma selecção de 1.200 restaurantes, classificados por um selo Continente que vai da mais alta, cinco, à mais baixa, um e inclui restaurantes para todas as carteiras. Os autores e uma equipa de colaboradores, fizeram durante um ano, um trabalho de recolha e classificação muito útil para quem gosta de boa comida. Definitivamente, uma ajuda preciosa na escolha de um restaurante em qualquer região de Portugal (continente e ilhas).


Durante a semana, ainda tive a possibilidade de ir almoçar ao restaurante U Chiado. Neste almoço buffet tive a simpática companhia da Catarina Beato, do blogue Dias de Uma Princesa. O restaurante mudou a sua decoração e organização desde a última vez que lá estive. Confesso que gosto muito mais do modo como está agora. Abandonou a predominância do branco e optou por cores mais acolhedoras, na minha opinião. A lareira ajuda a tornar o ambiente ainda mais reconfortante, principalmente num dia frio e de chuva como era o caso. Depois da refeição, pedimos um chá e foi tão bom estar ali, a ver a chuva a cair lá fora.


A semana ainda não tinha acabado e voltei a Cascais. O restaurante 100 Vícios organizou uma festa de inauguração, que decorreu ontem e terminou com um jantar. Durante a tarde, houve a possibilidade de provar diferentes gins e de degustar os deliciosos chocolates do chocolatier Francisco Siopa. Tão curiosa a ligação dos chocolates com vinho tinto que tive a oportunidade de provar!


Nesta festa, o chef António Alexandre serviu uma entradinha de carne de porco e de seguida um elogio ao mar, um prato de pampo com legumes salteados e salicórnia. O pampo suculento e delicioso, com os legumes a dar textura. O prato de carne desta noite de festa foi bochechas de porco, tenras, quase a desfazerem-se ao toque do garfo com puré de batata-doce e anchovas, que estava divino. As anchovas ajudam a cortar um pouco do doce da batata. Por fim, um clássico francês, tarte tatin com gelado de violetas. O gelado cremoso, perfumado, a lembrar passeios no campo num dia de Primavera acompanhou na perfeição a tarte morna. Esta foi uma noite animada, muito especial para o nosso anfitrião, cheia de boa conversa e que se prolongou noite dentro. Conhecendo já um pouco do trabalho do chef António e o modo como está a tentar trabalhar a equipa e o espaço, de certeza que o 100 Vícios vai dar muito que falar.


E a semana irá terminar, se tudo correr bem, com um showcooking no sábado, dia 8 Fevereiro, às 18h no IKEA de Loures, onde irei apresentar três receitas para a família, e no domingo às 17h no Campo Pequeno no evento O Chocolate em Lisboa, onde irei confeccionar uma irresistível receita com chocolate. Estão todos convidados. Apareçam!

2 comentários :

  1. Comprei esse livro e faço tenções de usar os vouchers todos :)

    Boas imagens e sugestões.

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronta e Vestida,
      obrigada.
      Um beijinho.

      Eliminar