Próximos Eventos
Espinho 19 de Agosto de 2017
Sábado:
11h30 - 12h30      Showcooking petiscos no âmbito do Festival Oito24
Entrada Gratuita Mercado Municipal de Espinho

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Gaspacho Andaluz


Os dias quentes trazem-me à memória as férias grandes da escola, quase intermináveis, passadas na aldeia, onde nasci, no Ribatejo. Nesses verões, o calor era tanto, que depois da hora de almoço, dormia-se a sesta. Fazia-se silêncio. Nas estradas não se ouvia passar um carro a guinchar ou uma mota apressada. O calor era tanto que até o alcatrão parecia começar a derreter. No ar o cheiro ligeiro a substâncias derretidas que vinha das estradas, a fazer lembrar o plástico, o carvão e madeiras resinosas, misturava-se com os aromas da terra seca, que cedia sem forças ao poder do tempo quente.

Às vezes até custava respirar. O vento adormecido, não mexia nem uma palha seca nem agitava as folhas de uma qualquer árvore crescida ao acaso nos quintais das casas. Silêncio e calor. Calor! Fechavam-se as janelas e as portas. Punham-se as ventoinhas a funcionar. Nestes dias de grande calor não se ligava o fogão, nem se faziam brasas. Trazia-se da horta tomate maduro, pepino, abria-se uma lata do que houvesse ou cortavam-se umas fatias de presunto curado na salgadeira, às vezes ainda fresco. O frigorífico era aberto mil e uma vezes, em busca da água fresca.

Ainda, hoje, são assim os dias de grande calor. Não nos impulsionam a ir para a cozinha. Só as comidas frescas e refrescantes nos sabem bem. Por isso, hoje, deixo-vos uma sopa fria de tomate, ou melhor, um gaspacho Andaluz, que preparei para a rubrica da Oliveira da Serra com o novo vinagre de tomate. Uma sopa fria de tomate sabe tão bem em dias de grande calor!

A Oliveira da Serra lançou recentemente um conjunto de quatro novos vinagres de fruta com sabores portugueses. Encontram agora vinagre de tomate, vinagre de figo, vinagre de maçã e vinagre de pêra Rocha.


Gaspacho Andaluz

Ingredientes para 2 pessoas:
4 tomates bem maduros (aproximadamente 625 g)
50 g de miolo de pão de véspera
50 ml de água
100 g de pepino sem casca e sementes
75g de cebola
1 dente de alho
50 g de pimento vermelho
50 ml de azeite
25 ml vinagre de tomate Oliveira da Serra
Sal e pimenta-preta q.b.
4 cubos de gelo para servir

Para servir:
Pimento vermelho, sem pele, picado q.b.
Pepino picado sem sementes q.b.
Cebola roxa picada q.b.
Presunto cortado em cubinhos q.b.
Croutons q.b.
Orégãos secos q.b.


1. Regar o pão com a água. Retirar a pele e as sementes ao tomate. Retirar a pele ao pimento, com a ajuda de um descascador.

2. Colocar num liquidificador ou robot de cozinha, o pão demolhado, o tomate, o pepino, o dente de alho, a cebola e o pimento cortados em pedaços pequenos.

3. Temperar com sal, pimenta e o vinagre de tomate. Triturar muito bem.

4. Adicionar o azeite em fio e triturar a mistura novamente.

5. Se necessário rectificar os temperos.

6. Adicionar os cubos de gelo e servir com croutons, pepino, pimento, presunto e orégãos secos, a gosto.

3 comentários :

  1. Uma receita muito fresca que sabe sempre bem no Verão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesta altura do este tipo de sopas sabem tão bem.
      O vinagre de tomate foi uma deliciosa surpresa.

      Eliminar
  2. Que rico e delicioso gaspacho,....e com este calor, que bem que sabe,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar