quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Beringelas com cuscuz e molho de iogurte com açafrão


A vida torna-se mágica quando somos surpreendidos por alguma coisa boa. Não é preciso ser uma coisa valiosa. O importante é que seja especial e que nos faça sentir bem. Algo que nos faça sorrir ou que torne o nosso dia mais feliz. Isso acontece quando descobrimos coisas boas de pessoas com quem convivemos. Adoro descobrir talentos ou afinidades nas pessoas que me rodeiam. Sinto-me bem com isso. É ótimo descobrirmos laços que nos unem aos outros. Por outro lado, gosto também, quando me fazem a mim sentir especial. Quem não gosta?

Um destes dias de manhã, bem cedo, cheguei à minha secretária, no local onde trabalho, e tinha uma fotografia com uma dedicatória muito simpática. Este pequeno gesto transformou o meu dia. Fez-me sorrir. Fez-me sentir feliz, especial. Gostei tanto desta surpresa, feita pela mão do Nuno Capela, um já grande fotógrafo, que o meu dia correu muito melhor.

( Foto da autoria de Nuno Capela )

Mas quem gosta de receber surpresas acaba também por gostar de surpreender os outros. Estabelecer laços. Criar ligações. Ser feliz, surpreendendo e fazendo os outros sentirem-se especiais.

No domingo fui ao mercado sozinha e trouxe para casa dióspiros, maçãs vermelhas suculentas, beterrabas, tomate, entre outras frutas e legumes. Mas, uma das coisas especiais que comprei para surpreender o Ricardo foi beringelas. Estavam frescas e apetitosas. E foi assim que comprei 3 para lhe preparar um prato especial. Um pequeno gesto. Um pequeno nada. Mas são todas estas pequeninas coisas que dão cor à vida.


A ideia para estas beringelas veio do blogue What's For Lunch Honey? e, principalmente, a receita do molho de iogurte.


Beringelas assadas no forno

Ingredientes:
3 beringelas grandes
sal e pimenta

1. Cortar as beringelas ao meio. Em cada metade, fazer cortes de modo a fazer um xadrez.

2. Temperar com sal e pimenta.

3. Regar com 1,5dl de azeite.

4. Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC durante 40 minutos.

O tempo de assar das beringelas varia de acordo com o tamanho.


Cuscuz com abóbora manteiga e bagos de romã

Ingredientes:
200g de cuscuz
2dl de água quente
sal e pimenta q.b.
40g de manteiga sem sal
200g de abóbora assada em azeite
1 raminho de salsa
1 raminho de coentros
50g de amêndoas torradas
5 colheres de sopa de bagos de romã

1. Colocar os cuscuz numa taça. Regar com a água quente. Deixar a descansar durante aproximadamente 5 minutos.

2. Colocar a manteiga numa frigideira. Levar ao lume. Assim que a manteiga esteja derretida, adicionar os cuscuz. Mexer muito bem de modo a que os grãos se separem.

3. Cortar a abóbora assada em pequenos cubos. Picar a salsa e os coentros.

4. Colocar os cuscuz numa taça. Juntar a abóbora, a salsa e os coentros picados, as nozes e os bagos de romã. Temperar com um pouco de sal e pimenta. Mexer.

5. Servir com as beringelas e o molho de iogurte com açafrão.


Molho de iogurte com açafrão

Ingredientes:
1 pitada de açafrão em fios (em infusão durante 5 minutos em 3 colheres de sopa de água quente)
180g de iogurte grego
1 a 2 dentes de alho espremidos
sumo de 1 limão
3 colheres de sopa de azeite

1. Envolver com uma vara de arames o iogurte com a infusão de açafrão. Mexer. De seguida adicionar os restantes ingredientes e mexer.

2. Reservar no frigorífico até à altura de servir.


Nesta receita o molho de iogurte faz toda a diferença. Fica muito saboroso. Em relação à receita original diminui a quantidade de limão usado e não me arrependi. Gostei tanto que fiquei com vontade de o usar noutras receitas.

O Ricardo adorou estas beringelas e, curiosamente, eu também. Eu que nem era grande apreciadora, agora dou por mim a gostar de beringelas! Bem, assim começo a não ter desculpas para não fazer mais vezes beringelas!

18 comentários:

  1. O Nuno Capela tem muita sorte, estas beringelas ficaram com um aspecto delicioso. E como fã de beringelas que sou (bem como de couscous, romã, coentros e iogurte grego), levo esta receita comigo pois tem todo o potencial para passar a ser uma das minhas preferidas.

    ResponderEliminar
  2. Adorei este prato, o molho de iogurte com açafrão então deve ter ficado maravilhoso.
    Estou levando a receita.
    Bjo

    ResponderEliminar
  3. Ondina Maria,
    quem teve sorte foi o Ricardo que adora beringelas e anda sempre a pedir-me. O Nuno só me ofereceu a foto com os cupcakes.

    Fê,
    o molho de iogurte grego com açafrão fica mesmo especial. Adorei.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Não sou apreciadora de beringelas, mas gostei imenso da receita do molho pois aprecio muito açafrão e iogurte.

    ResponderEliminar
  5. Eu adoraria que o meu Ricardo gostasse de beringelas. Mas ainda posso preparar algo assim pra mim mesma. Lindo texto, como sempre. Bj!

    ResponderEliminar
  6. Não sei quando chegará a minha vez de poder dizer que "gosto de beringelas". Por enquanto gosto da sua cor e por vezes encontro algum exemplar irresistivel que levo comigo para casa, isto acontece cerca de uma vez por ano...quem sabe se da próxima... Já o cuscuz e a romã, voltam a enfeitiçar-me.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Que optima combinação, ficou com umas cores lindas, aposto que ele adorou! beijos

    ResponderEliminar
  8. Que linda sugestão Laranjinha!
    É tão bom podermos ser surpreendidas...quando não estamos à espera de nada e então valorizamos tudo.
    Lindas as tuas fotos e a que te foi oferecida. :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. gostei muito da receita, especialmente do molho de iogurte, muito original!

    ResponderEliminar
  10. Laranjinha acredito que o teu dia tenha corrido muito melhor, não te conheço mas já ouvi falar de ti :) e essa foto é a tua cara :)
    As beringelas gostei do aspecto mas para as comer ainda tenho de decidir se gosto ou não :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Eu adoro beringelas! Foi uma boa surpresa para o Ricardo. Está um prato bem diferente e lindo ao nível visual.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  12. eu adoro beringelas, adoro, adoro...´já levo a receitinha para experimentar!
    beijocas até breve
    Paula

    ResponderEliminar
  13. Eu adoro beringelas e com cuscuz deve ser um prato divinal! Excelente sugestão.

    ResponderEliminar
  14. Sabe sempre bem fazer um agrado e também recebe-lo. É como referiste...pequenos gestos fazem o nosso dia mais feliz.
    Gostei da sugestão das beringelas acompanhadas com cuscuz e o molho.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. Com estes ingredientes ainda não experimentei rechear nada, mas ficou com uma cara fantástica :)

    ResponderEliminar
  16. Olá, Laranjinha!

    Não poderia estar mais de acordo. De facto, os melhores momentos são constituídos por pequenos nadas; pequenos gestos que marcam a diferença e nos fazem sentir bem. O gesto do Nuno Capela é tão raro nos dias que correm e o teu também. Muitas vezes as pessoas esquecem-se de valorizar esses pequenos-grandes gestos que tornam um dia cinzento num dia de sol magnífico. E isso é tão importante!

    Parabéns aos dois pela nobreza de ambos os gestos. Deveria haver mais gestos assim em todo o mundo. :)

    Beijinhos,

    Paula

    ResponderEliminar
  17. ola
    Alem de gostar muito do seu blog esta receita deliciou-me...Parabens e felicidades

    ResponderEliminar