Próximos Eventos
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
16h30 - 17h15      Showcooking bolo coroa de Natal
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O meu ano de 2015


2015 foi um ano em que me ri, em que chorei, em que conheci pessoas novas, em que me despedi para sempre de alguém querido, em que tive vontade de desistir, em que me levantei para continuar o meu caminho. Com saúde, a nossa determinação é a força que nos move. Ao olhar para o que foi o ano de 2015 só posso sentir gratidão. Gratidão pelas oportunidades, gratidão pela possibilidade de trabalhar naquilo que me faz feliz, gratidão por ter perto de mim as melhores pessoas do mundo. O meu ano de 2015 foi assim ...

Janeiro: Este mês levou-me à RTP. Estive no programa Há Tarde apresentado por Vanessa Oliveira e pelo conhecido artista, Herman José. Ir à televisão é sempre uma ocasião especial e o bolo húmido de chocolate que apresentei no programa revelou-se um verdadeiro sucesso. Em Janeiro realizei um workshop de Comida Saudável para adolescentes no INETE - Instituto de Educação Técnica. Preparámos saladas, sumos de fruta, sopas e foi um encanto ver a alegria dos jovens à volta da mesa a deliciarem-se com alguns ingredientes como favas, ervilhas, beterraba e tomate. Realizei dois workshops em Lisboa, um de Entradas e Petiscos e outro dedicado a Doces de Chocolate. Escrevi sobre a maçã para a revista Comer. Revi Fanny e Alexander de Ingmar Bergman, realizador que me fascina, e fui ver A Teoria de Tudo, a história de Stephen Hawking escrita pela ex-mulher Paula Hawking, e adaptada ao cinema.


Fevereiro: É o mês em que nasceu o Cinco Quartos de Laranja. Quando a 13 de Fevereiro de 2006 escrevi o primeiro apontamento não sonhava que estava prestes a embarcar na mais deliciosa aventura da minha vida. Em 2015 comemorou 9 anos! Fevereiro, foi o mês em que li Anna Karenina de Leo Tolstoy. Era um dos clássicos da literatura universal que queria muito ler. Adorei e recomendo vivamente. Promovi dois workshops em Lisboa, um dedicado a Risoto & Outros Pratos de Arroz e outro com o tema Entradas e Petiscos, que é sempre do agrado dos participantes.

Março: Levou-me à Herdade do Esporão, no Alentejo, para conhecer a carta do restaurante da herdade e conhecer alguns dos vinhos ali produzidos. Foi aqui que provei pela primeira vez pão com vinho tinto e nozes. Gostei tanto que tentei logo fazer uma versão. A revista Continente Magazine começou uma rubrica de entrevistas a bloggers, eu tive o privilégio de ser a primeira. Neste mês, viajei até ao Porto para dois workshops, um de Entradas e Petiscos e outro dedicado aos Doces de Páscoa. Para mim é sempre uma alegria voltar ao Porto. É uma cidade que me acolhe de braços abertos e onde os leitores do Cinco Quartos de Laranja me fazem sentir em casa. Realizei dois workshops para crianças nas bibliotecas de Algés e de Carnaxide. Falei do mundo dos blogues numa entrevista para a revista PC Guia e apresentei os meus lugares inesquecíveis para a revista GPS. Escrevi sobre a cebola para a revista Comer. Foi neste mês de Março que li O Leopardo de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, um dos clássicos que também tinha na minha lista de leituras há já uns bons anos. Agora gostava de ver a adaptação para cinema com o lendário Burt Lancaster no papel principal.


Abril: Mês da Liberdade e de águas mil. Em Abril, estive no Congresso Nacional dos Cozinheiros organizado pelas Edições do Gosto. Assisti às apresentações de chefs portugueses de renome e de vários jovens promissores cuja cozinha começa a dar que falar. No Congresso, fui um dos membros do júri do concurso Sandes à Portuguesa. Estive na biblioteca de Oeiras para um workshop com crianças. Voltei no Dia do Livro para falar sobre romances em que a comida é quase uma personagem e apresentei receitas dos meus livros Cozinha para Dias Felizes e Delicioso Piquenique. Passei pelo conhecido festival Peixe em Lisboa onde assisti, entre várias apresentações, à de Avelino Ormonde que conheci na Ilha Terceira.

Maio: A felicidade é um tema que me fascina e quando soube que o Observador promovia uma palestra sobre esta temática fiz questão de estar presente. Há coisas que não dependem de nós, mas a felicidade pode ter o sentido que nós lhe quisermos dar. Fui aprender a fazer sushi num workshop com o chef Paulo Morais no âmbito do Sushi Fest. Escrevi sobre uma das minhas frutas preferidas, o morango, para a revista Comer. Jantei com alguns leitores do Cinco Quartos de Laranja na Casa dos Sabores, uma iniciativa promovida pela Iglo. Foi um jantar memorável que deixou muito boas recordações. Os encontros com os leitores são sempre muito especiais! Organizei dois workshops em Lisboa, um dedicado a Entradas e Petiscos II e outro com o tema Doces e Sobremesas. Li a obra As Cidades Invisíveis de Italo Calvino, uma obra que tinha na minha lista de leituras também há já algum tempo. Tive ainda a possibilidade de cozinhar na Feira do Livro de Lisboa.


Junho: A variedade de fruta é ímpar nesta altura do ano. Em Junho cozinhei com ameixas, cerejas, morangos, feijão verde e tomate. Voltei à Feira do Livro de Lisboa para mais um showcooking com receitas dos meus livros Cozinha para Dias Felizes e Delicioso Piquenique. Estive em Alcobaça, terra de boa maçã, a cozinhar no âmbito do festival Books & Movies. Fui entrevistada pela jornalista Marta Braga para a revista Saberes & Sabores.

Julho: Escrevi sobre a curgete para a revista Comer. É um dos meus legumes preferidos, e tal como o bacalhau tem mil e um usos na cozinha. Comecei a trabalhar enquanto jurada no concurso A Minha Pastelaria Compal que me levou a várias zonas do país. Os dias quentes de Julho pedem leituras mais leves. A obra escolhida foi Os Aromas do Amor de Dorothy Koomson. Participei na Maratona da Leitura na biblioteca municipal da Sertã. Aqui, foi um privilégio poder estar à conversa com o grande Mário Zambujal. Já leram a Crónica dos Bons Malandros?


Agosto: É o mês de férias por excelência. Entre uns dias de praia, passeios pela cidade de Lisboa, em Agosto fui à Feira do Livro da Figueira da Foz para um showcooking onde apresentei uma receita do meu livro Cozinha para Dias Felizes. Promovi a semana tomática no blogue, uma semana dedicada a receitas com tomate. Andei ainda pela zona centro do país a visitar pastelarias e padarias. Provei pão muito bom e descobri doces de que não fazia ideia.

Setembro: Foi o mês em que preparei as actividades do último trimestre do ano, que foi preenchido com vários workshops, showcookings e algumas idas à televisão. Para a revista Comer preparei um artigo sobre a couve-chinesa de que fiquei fã. Já experimentaram? Neste mês li a obra Comer Bem para Viver Melhor, que adorei. A autora apresenta uma atitude perante a comida com a qual me identifico. Para comer bem o importante é o equilíbrio. Escrevi sobre isso aqui. Estive na biblioteca municipal José Saramago, em Loures, no âmbito do Dia dos Sabores e Saberes onde apresentei os meus livros e confeccionei uma receita.


Outubro: Foi o mês do regresso, depois das férias, aos workshops. Os primeiros dois foram no espaço Samsung Chef's Experience onde preparámos risoto de curgete com bacalhau confitado. Os seguintes foram na cidade do Porto, com os temas Aperitivos para Festas e Bolos, Biscoitos e Bolachas. Em Lisboa teve lugar ainda o workshop Vamos Petiscar. Estive também na inauguração da Festa dos Vinhos e da Comida de Espanha no El Corte Inglés, a convite da embaixada do país vizinho, a que se seguiram mais sete showcookings, todos com produtos presentes na feira. Escrevi, em parceria com Virgílio Nogueiro Gomes, sobre as 40 pastelarias finalistas do concurso A Minha Pastelaria Compal para o jornal Correio da Manhã.

Novembro: Levou-me numa viagem deliciosa até ao restaurante Vila Joya no âmbito do Festival Internacional Tribute to Cláudia. Um jantar memorável com cerca de 20 pratos e onde tive também a possibilidade de assistir à prova do azeite Oliveira da Serra 1ª Colheita de 2015. A convite da IVO Cutelarias juntei-me ao grupo de embaixadores da marca numa cerimónia que decorreu na Alimentária, em Lisboa. Escrevi sobre a batata-doce para a revista Comer. A batata-doce passou a ser um ingrediente indispensável cá em casa. Organizei os workshops Vamos Cozinhar com Quinoa no espaço Samsung Chef's Experience e voltei ao Porto para mais três workshops, dois dedicados a Receitas de Natal e o outro com sugestões de presentes feitos em casa, que tem sempre muita adesão por parte dos leitores. Em Lisboa estive a cozinhar receitas de chocolate no Hotel Real Palácio e preparei dois workshops, um de Bolos e Doces de Natal e outro de Canapés e Entradas. Visitei o Lagar do Marmelo em Ferreira do Alentejo. Adoro azeite e procuro sempre saber mais sobre este ingrediente que uso todos os dias na minha cozinha. Aqui fiz o primeiro azeite Cinco Quartos de Laranja com três variedades de azeitona e fiquei encantada com o pudim de mel e azeite servido com laranja e azeitonas pretas feito pelo chef Vítor Sobral, para o almoço desse dia.


Dezembro: foi o mês da televisão. Passei pelo programa da Ana Rita Clara na SIC Mulher onde apresentei várias sugestões de presentes de Natal feitos em casa. Na RTP passei pelo Agora Nós com a acolhedora Tânia Ribas de Oliveira e o esfuziante José Pedro Vasconcelos onde apresentei uma receita de bacalhau confitado. E estive três vezes no programa A Praça, apresentado pelos simpáticos Sónia Araújo e Jorge Gabriel, que recebem os convidados sempre com boa disposição e que nos fazem sentir em casa. Apresentei um tentador bolo coroa de Natal, com frutas cristalizadas e especiarias, que foi um verdadeiro sucesso. Apresentei também fritos de doce de gila e no último programa de 2015 apresentei várias sugestões de petiscos ou entradinhas para a festa de passagem de ano. Cozinhei no Mercado de Natal da Santa Casa da Misericórdia na Praça do Município, em Lisboa. Fiquei com o coração cheio quando no final muitas leitoras que assistiram à minha apresentação, fizeram questão de me cumprimentar. Fui até à biblioteca municipal de Estarreja falar dos meus livros e apresentar sugestões práticas para presentes de Natal feitos em casa. Realizei um workshop para pais e filhos com o tema Bolos e Bolinhos com Legumes Escola EB Casal da Cavaleira no concelho de Sintra. Adorei esta experiência. Pareceu-me que tanto os pais como as crianças que participaram se divertiram muito e adoraram os legumes usados nas diferentes receitas confeccionadas.

2015 foi um ano de workshops e showcookings. Foi um ano de investimento, de trabalho e de muita satisfação pessoal. Posso dizer que foi um bom ano. Que 2016 nos traga, a todos, o triplo das coisas boas do ano que passou. Com saúde, trabalho e de preferência, junto daqueles de quem gostamos!

5 comentários :

  1. Olá Isabel, assim espero! que este ano me traga também realizações :/ :) que vontade não me falta, só me falta uma pitada de factor sorte que como em tudo na vida também necessária ;) adorei o workshop que fiz consigo no Porto, creio que já não foi em 2015 e sim ainda antes ;) é uma pessoa super acessível, doce, merece o bom que lhe acontece :) beijinhos e venham muitas receitas, realizações pessoais e profissionais para todos nós :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cátia,
      espero bem que sim, que 2016 seja um ano generoso e que nos traga muitas realizações e tudo de bom.
      Obrigada. E que em 2016 nos possamos reencontrar.
      Um grande beijinho.

      Eliminar
  2. Parabéns pelo blog e que continue a ter o sucesso que merece e muito mais :) Bom ano 2016 para si e os seus ...

    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Bora lá, pela mão desta pessoa incrivel, cozinhei pratos maravilhosos e tomei balanço para coisas que nunca tinha experimentado sequer: Moussaka (muito bom), Quinoa (maravilha), Bolo Vienense (espetáculo), Caril (a testar de novo), massa filo (crocante), bolo de limão com sementes de papoila, bolo de maça com coco, mousse de manga ( uma maravilha), bolachinhas de amendoa e chocolate (sinos de Natal) e mais umas coisinhas.....beijos e Obrigado.....Cá estamos em 2016... para mais viagens....!!

    ResponderEliminar