Próximos Eventos
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 11h30      Pequeno-almoço no dia de Natal na loja Maria Granel
Lisboa 11 de Dezembro de 2016
Domingo:
16h30 - 17h15      Showcooking bolo coroa de Natal
Lisboa 18 de Dezembro de 2016
Domingo:
10h30 - 12h00      Presentes de Natal na mercearia Morteiro & Santos

segunda-feira, 4 de março de 2013

Pastéis de legumes com farinheira e salada de tupinambo


Uma das coisas que gosto de fazer e que me deixa muito entusiasmada é ir às compras e depois vir para casa cozinhar. A partir dos produtos que comprar pensar em receitas e confeccionar uma refeição é sempre um grande desafio. Para mim, é um verdadeiro exercício de imaginação e criatividade. E é sobre esta experiência que nasce hoje aqui, no Cinco Quartos de Laranja, uma nova rubrica intitulada Receitas biológicas Brio.

Os supermercados biológicos Brio convidaram-me a visitar semanalmente as suas lojas e durante os próximos meses apresentar as receitas que vou fazendo com os seus produtos.

Uma das coisas que gosto quando visito o Brio é a possibilidade de encontrar produtos de diferentes tipos, que não se encontram tão facilmente noutro tipo de supermercados. Aqui encontramos batatas, cenouras, espargos, favas, beterrabas, mas encontramos também acelgas, ruibarbo, cherovias e tupinambo. Para quem gosta de encontrar e experimentar novos produtos, como eu, aconselho vivamente uma visita.

Por outro lado, tudo tem sabor e cheiro. As maçãs são perfumadas e doces. Deliciosas. A carne, é de animais criados com cuidado e com espaço. Sabe-se quem foi o produtor, e isso para mim é muito importante. Sabermos quem criou o que vamos comer, liga-nos. E isso faz toda a diferença.

Pastéis de legumes com farinheira

Ingredientes:
1 cebola
200 g de alho-francês sem rama
120 g de acelgas ou espinafres
1 farinheira de porco preto biológica
2 embalagens de massa quebrada
1 ovo
0,5 dl de azeite biológico
sal e pimenta preta q.b.


1. Colocar o azeite numa frigideira e levar ao lume com a cebola picada. Quando a cebola tiver transparente, adicionar o alho-francês cortado em rodelas finas.

2. Retirar a pele da farinheira e adicionar ao preparado.

3. Cortar as acelgas e os seus caules e juntar também à mistura.

4. Temperar com sal e pimenta preta a gosto.

5. Estender a massa quebrada. Com um cortador circular (diâmetro aprox. 9 cm) cortar a massa.

6. Em metade das rodelas de massa colocar a mistura de farinheira e legumes.

7. Com um pincel mergulhado em água pincelar a massa em toda a volta.

8. Colocar a outra rodela de massa por cima e com um garfo pressionar os lados de modo a que os pastéis fiquem bem fechados.

9. Com o mesmo garfo picar os pastéis por cima.

10. Pincelar os pastéis com o ovo batido.

11. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC, num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante 20 minutos.

12. Servir com salada.


Salada de tupinambo com cenoura e folhas verdes

Ingredientes:
120 g de tupinambo
3 cenouras
mistura de folhas verdes
10 folhas de hortelã
1 colher de sopa de sumo de limão
3 colheres de sopa de azeite biológico
sal q.b.

1. Descascar o tupinambo e as cenouras.

2. Com ajuda de uma mandolina cortar os legumes em fatias finas.

3. Numa taça juntar os legumes cortados, as folhas verdes e a hortelã.

4. Regar com o sumo de limão, o azeite e sal a gosto. Mexer.


Os pastéis de legumes com farinheira resultam muito bem. Os que sobraram do almoço desapareceram sem deixar rasto, no lanche a meio da tarde. Foi a primeira vez que usei tupinambo numa salada em cru e cá em casa adorámos. Fica crocante. Delicioso. Experimentem.

9 comentários :

  1. Vou certamente visitar :D Ando há séculos à procura de ruibarbo, mas nunca encontrei no supermercado :(

    Esses pasteis ficaram lindos, parabéns :)

    Beijinhos e tem uma óptima semana :D

    ResponderEliminar
  2. Que curioso! Não conhecia o tupinambo. Tem um nome tão africano e se calhar nem tem essa origem. Vou investigar! bjs

    ResponderEliminar
  3. Que pratinho mais colorido!!

    Bjocas

    ResponderEliminar
  4. Esses pasteis estão com um aspecto delicioso!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Adorava ter um Brio aqui no Porto! Gostei das empadinhas e da salada original, nunca comi tupinambo :)

    ResponderEliminar
  6. Que lindos!!! E deliciosos certamente...
    beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Ai que bom aspecto, adorei as cores do recehio, imagino aqui o perfume que ficou na tua cozinha. um beijo

    ResponderEliminar
  8. Eis uma receita interessante, obrigado. Só tenho um reparo a fazer. Diz que, nos supermercados com os quais tem agora uma parceria, existe carne cuja origem é conhecida e que até se sabe o nome do produtor. Pois se for a um talho ou a um hipermercado, vai saber exactamente o mesmo. Todos os produtos são de rotulagem obrigatória e o sistema português de rastreio animal é dos mais completos. Nem toda a informação está disponível, mas garanto-lhe que se houver algum problema, sabe-se exactamente que aquela costeleta é do animal x com o numero tal, que foi abatido no matadouro y às tantas horas de tal dia e que pertencia ao produtor fulano de tal, coma licença número 000 e que foi alimentado de tal maneira e etc etc etc. Cumprimentos e bom trabalho.

    ResponderEliminar