quinta-feira, 8 de abril de 2021

Papas de aveia com framboesas

A Primavera pede comida colorida e feliz. Esta é uma das minhas épocas do ano preferidas. Dias com temperatura amena, Sol e céu azul, transmitem-nos uma energia tão boa.

Na Primavera costumos fazer algumas limpezas na casa. Destralhar, principalmente. Costumo começar pelo closet e fazer uma escolha das roupas que já não uso. Houve uma altura em que guardava roupas à espera de as vir a usar. Mas com o passar dos anos tenho percebido, que isso, raramente, acontece. Ou porque passou de moda ou, porque o corte já não é tão "moderno" ou, porque continua a não servir! Quando tenho peças que não uso há mais de três anos, penso que dificilmente as irei usar e por isso assiná-lo-as, para virem a ter um destino útil, a doação.

Depois do closet passo para a despensa. É fundamental fazermos de tempos a tempos uma limpeza à despensa, para vermos o que temos, darmos destino a alguma coisa que esteja em fim-de-validade ou até para perceber quais os produtos que temos em quantidade ou em falta.

Este ano, decidi que nas limpezas de Primavera, vou destralhar as gavetas da cozinha. Guardo sempre muitos utensílios, alguns até tenho repetidos e depois acabo sempre por usar os mesmos! Também vos acontece o mesmo?

Para quem tem apego às coisas, como eu, destralhar não é uma tarefa fácil. Mas aos poucos, vou conseguindo e no final, ao ver tudo mais arrumado e com espaço, até me sinto muito melhor!

Para quem procura inspiração para destralhar a casa, nesta altura do ano, deixo-vos uma sugestão de leitura, Destralhe a Sua Casa, um guia prático de Paula Margarido. Tem sido muito útil para mim.

Entre as arrumações de Primavera, os dias, cá em casa, começam com pequenos-almoços cheios de cor. De há uns anos para cá, que adoro papas de aveia. A rubrica Em Directo da Minha Cozinha que faço às Domingos às 10h da manhã, no Instagram, começou com papas de aveia. Viram?

E para começarem o dia com energia, deixo-vos, hoje, a receita de umas deliciosas papas de aveia com framboesas. Resulta tão bem!

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Tábua mista para a mesa de Páscoa

Uma das coisas, que o confinamento nos trouxe, foi a vontade de petiscar em casa, como se fosse num restaurante ou numa esplanada, num dia de Sol, com os amigos.

Para isso, comecei a preparar, com mais frequência, tábuas mistas que serviram, muitas das vezes, como entrada de algumas das refeições de fim-de-semana ou foram, até, a refeição em si. Pesticar, sabe sempre tão bem! Podem ver aqui e aqui, algumas dicas para quem quer começar a fazer tábuas de coisas boas, em casa.

Para uma das refeições de Páscoa, preparei como entrada, uma colorida tábua. Foi um sucesso!

E vocês, também costumam fazer tábuas? Para servir como entrada ou como refeição de petiscos?

terça-feira, 6 de abril de 2021

Perna de borrego assada no forno com alho e alecrim

Desde que me lembro que o almoço de Domingo de Páscoa, em casa dos meus pais, era cabrito ou borrego assado no forno. O entusiasmo com que vivíamos esta época deixou-me tão boas lembranças. Falávamos, tantas vezes, sobre o que iríamos comer. E para acompanhar? - perguntava-nos a minha mãe - batatas? Ou um arroz de miúdos? Sempre gostou de nos envolver nas escolhas da comida que fazia.

Outra das tradições, são as amêndoas. Sempre se compraram amêndoas para oferecer a toda a família. É um pacote para a tia, para o primo, para os avós, para os netos, para as namoradas dos netos, para a vizinha - dizia-me ela, tantas vezes, para ver se não se tinha esquecido de ninguém. Uns dias antes da Páscoa, quando falei com ela, por telefone, relembrou-me a quem este ano vamos oferecer amêndoas. Cabe-me, agora, a mim, ajudá-la nesta tarefa, que sei que a faz feliz. Páscoa é quando abrimos os nossos corações e partilhamos amor com aqueles que nos rodeiam.

A partir do início deste ano, os nossos almoços em família, voltaram a mudar. A vida segue o seu ritmo e, nós, temos que nos ajustar e reinventar. Daqueles que partem, ficam as memórias e a esperança que a dor se vá suavizando com o passar do tempo.

Mas nos momentos alusivos, podemos sempre sentarmo-nos, à mesa, e relembrar aqueles que nos ajudaram, de alguma maneira, a ser quem somos. Um brinde para ti, Pai! Este ano, voltámos a ter um assado de borrego no forno, com pouco molho, como tanto gostavas.

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Menu semanal #55

Com a chegada da Primavera, chega também a vontade de mudar a nossa alimentação. Preferimos pratos mais leves, frescos e coloridos. Para vos ajudar a preparar as refeições da semana, deixo-vos um menu. Espero que gostem!


Ver também menu semanal #54.

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Folar de amêndoa com limão e canela

O que vos posso desejar para esta Páscoa?

Que possam falar com aqueles de quem vocês gostam. Que os possam abraçar, mesmo que sejam abraços à distância!

Que as verdadeiras amizades continuem a ser valorizadas. Páscoa é sinónimo de amor e de partilha, com aqueles de quem gostamos.

Que haja muitas alegrias, sorrisos e gargalhadas, à volta da mesa. E caso hajam lágrimas, mesmo que poucas, que sejam logo superadas. Páscoa é tempo de vida, de renascimento.

Que a compreensão e o perdão encham os vossos corações de amor.

Que vivam esta Páscoa, em família e, que mimem aqueles que vos são queridos.

Nesta altura, é tempo de fazer e oferecermos folares. A convite da Fermipan, deixo-vos um perfumado folar de amêndoa com limão e canela. Fermipan é um fermento de padeiro seco, isento de glúten, e indicado para usar em todo o tipo de massas lêvedas. É daqueles ingredientes que tenho sempre em casa.

A todos, votos de uma Páscoa muito feliz e doce!

quarta-feira, 31 de março de 2021

Cestinhos de fiambre de peru com espinafres e ovo

Uma das minhas preocupações é variar a minha alimentação, começando pelo pequeno-almoço. Gosto de começar o dia com comida colorida, nutritiva e que nos deixe com energia para enfrentar todos os desafios. Comer bem, com equilíbrio, logo na primeira refeição do dia, é fundamental, para quem se preocupa em fazer uma alimentação saudável.

Há ingredientes que procuro ter, cá em casa, regularmente, para os meus pequenos-almoços ou, lanches. Para além do pão, dos abacates, dos ovos, gosto de ter, também, fiambres de aves, nomeadamente peito de peru ou peito de frango fumado da Izidoro, muito saborosos e de uma marca 100% portuguesa que também tem carne fresca, facto que só muito recentemente descobri.

O fiambre de peru e de frango da Izidoro são feitos com apenas carne do peito destes animais, sem acrescentos de outras partes de carne das respectivas aves. E são fumados de forma natural, com o fumo da lenha. Factores que ajudam estes fiambres de aves a distinguirem-se pelo sabor.

A pensar nos pequenos-almoços de Páscoa, em família, deixo-vos uma deliciosa sugestão feita com fiambre de peru, espinafres e ovo. Fica tão bom!

terça-feira, 30 de março de 2021

Folar de carnes

Páscoa é sinónimo de amêndoas, de ovos de chocolate, de cabrito assado no forno, de pão-de-ló e de folares. É tempo de nos juntarmos, à mesa, e festejar a renovação da vida, em espírito de união, de amor.

De há uns anos para cá, que nesta altura do ano, gosto de fazer folares para partilhar com a família. Um folar doce ou salgado torna-se um presente, sempre muito apreciado.

Esta receita do folar de carnes foi desenvolvida a convite da Fermipan. Fermipan é um fermento feito à base de leveduras e isento de glúten. É ideal para todo o tipo de massas lêvedas. Dá sempre jeito ter uma embalagem de Fermipan à mão! É daqueles ingredientes que procuro ter sempre em casa.

Nesta Páscoa, vamos fazer folares?