sexta-feira, 26 de abril de 2019

A minha horta de aromáticas


Adoro usar ervas frescas nos meus cozinhados. Mas, nem sempre, é fácil conservá-las. O ideal, seria ter um espaço onde as pudesse plantar. Um pequeno jardim, ou uma varanda. Mas, a verdade, é que não tenho. Comecei por tentar cultivar algumas ervas junto à janela da cozinha, mas ou não nasciam ou quando tinha a sorte de a natureza jogar a meu favor, cresciam pouco e não me pareciam ervas felizes.

A estratégia seguinte foi comprar vasos com as ervas já crescidas e ir usando. Entre salsa, coentros, tomilho, apenas o manjericão se conseguiu aguentar. Aos poucos e poucos, deixei de insistir neste desejo de ter uma pequena horta de ervas aromáticas, prontas a usar, até que um amigo me deu a conhecer as hortas urbanas Véritable.


Estas hortas são muito práticas. Não precisamos de andar a regar. Esse era um dos meu problemas. Ora, colocava água a mais, ora, colocava água a menos. Também, não nos precisamos de preocupar com a luz.

Para terem uma ideia de como estas hortas funcionam, basta colocarmos as lingotes de terra na horta. As lingotes trazem já as respectivas sementes. Enchemos o depósito com água e o sistema de leds vai regulando a intensidade de luz que as plantas precisam. Muito fácil e prático!


Conseguimos ter uma pequena horta, em casa, com muito pouco trabalho. Depois das lingotes colocadas, basta-nos ir abastecendo o depósito com água e ver a magia da natureza acontecer. Se forem como nós cá em casa, assim que colocamos as lingotes, começamos todos os dias a ver se já há vida na nossa horta. Ver as plantas a nascer é mesmo muito especial. E para as crianças é uma verdadeira alegria.

Para além das ervas aromáticas, salsa, hortelã, coentros, etc., podemos escolher ter também flores, tomate cereja, legumes baby ou alfaces. Tudo criado sem pesticidas. Podemos ter quatro variedades de plantas na horta, ao mesmo tempo.



Podem adquirir estas hortas, online, na Cook & LifeStyle. Estão também disponíveis na Worten Marketplace, El Corte Inglés e na Lisbon Cooking Academy.

A horta Véritable pode ser um excelente presente para o Dia da Mãe.


Já agora, podem aproveitar a promoção do Dia da Mãe, a oferta de uma caixa com 4 lingotes de morangos (2 morangos brancos e 2 morangos vermelhos) e um pincel de polinização. O pincel serve para polinizar as plantas de fruto, como os morangos, neste caso. Fica a sugestão.

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Rolinhos de peru com queijo e fiambre


Abril já está, quase, a chegar ao fim. Presos na espuma dos dias, amarrados às tarefas a realizar, até parece que nem sentimos o tempo a passar. Este mês, andei de um lado para o outro, entre workshops, participações em concursos de gastronomia, o lançamento do meu novo livro, encontros com amigos de longa data, que o tempo que passei a cozinhar acabou por ser muito pouco.

Como sei que tenho alturas em que ando mais ocupada do que outras, para estes momentos de mais agitação, procuro encontrar soluções. E uma delas, é ter comida pronta, feita e congelada, em doses. Ajuda imenso. Na altura de preparar as refeições, por vezes, é só confeccionar o acompanhamento.

Mas entre a azáfama dos meus dias, ainda consegui olhar para o céu, visitar a horta que tanto adoro, em Santarém, e preparar um almoço delicioso para um dos dias em que a minha sobrinha Inês veio passar comigo. Fiz uns rolinhos de peru recheados com queijo e fiambre que ficaram uma verdadeira delícia.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Ursinhos com amêndoas de Páscoa


Todos os anos, na Páscoa, gosto de fazer bolachinhas. São óptimas para oferecer à família e aos amigos e ajudam a decorar a mesa das sobremesas no almoço de Domingo de Páscoa.

Este ano, cá em casa, tive uma ajuda especial na semana que decidi colocar as mãos na massa. A minha sobrinha Inês veio passar uns dias comigo e acabámos as duas a divertirmo-nos, imenso, na cozinha. Umas das bolachas que fizemos, foram em forma de pequenos ursos. Ficaram tão amorosos a segurar uma amêndoa de Páscoa!

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Bolo ninho de Páscoa


Páscoa, confesso que vivo esta quadra do ano com algum entusiasmo. Para mim, esta é uma época de renovação e quase sempre, por esta altura, gosto de limpar a casa. Ou melhor, gosto de "destralhar" e dar destino a algumas coisas que já não nos trazem alegria, como diz a Marie Kondo, ou que já não estejamos a usar. É nesta altura do ano que começo a mudar o guarda-roupa. Roupas de Inverno, dão lugar às roupas mais leves.

Páscoa é também sinónimo de juntar a família. No Domingo de Páscoa faço, sempre, um almoço com os meus pais, em Santarém. Este ano, o prato principal, foi cabrito assado no forno, que toda a família adora. A mim, coube-me a tarefa de preparar as sobremesas. E uma das coisas que levei foi um bolo ninho com cobertura de chocolate. Todos adoraram!

domingo, 21 de abril de 2019

Votos de uma Páscoa feliz


Queridos leitores,

a todos, votos de uma Páscoa feliz!

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Cornetos com amêndoas para a Páscoa


Todos os anos, na Páscoa, gosto de oferecer pequenas lembranças à família e aos amigos. Folares, umas vezes doces, outras, salgados, bolos ninho, bolachinhas, amêndoas ou ovos de chocolate, constam, quase sempre, das minhas opções para as ofertas.

Este ano, fiz uma compota de laranja com a casca, que decidi que vai constar também nos saquinhos de Páscoa.

Na minha família, sempre houve a tradição de oferecer amêndoas. Este ano decidi que vou oferecer as amêndoas de uma forma mais original. Coloquei-as em cones de bolacha, dentro de sacos e com uns laçarotes bonitos. Os sacos ficaram tão giros! Gostam?

quarta-feira, 17 de abril de 2019

O workshop Vamos Fazer Pão e Folares com Activa Vita D, foi assim


Já contamos os dias para a chegada da Páscoa. A par com o Natal, esta é uma das minhas épocas do ano preferidas. Páscoa é sinónimo de família, de almoço de domingo, de amêndoas, de ovos de chocolate e de folares, ricos e deliciosos.

Adoro folares! Sejam doces ou salgados. No passado dia 7 de Abril de 2019, teve lugar, cá em Lisboa, o workshop Vamos Fazer Pão e Folares com Activa Vita D, no Lisbon Cooking Academy.

Nas massas lêvedas, normalmente, usamos levedura fresca ou levedura seca. A Activa Vita D é levedura de padeiro seca, enriquecida com a chamada vitamina do sol, produzida pelo nosso corpo depois da exposição solar. Mesmo vivendo num país com cerca de 300 dias de sol, a verdade, é que não nos expomos à luz solar como deveríamos. Esta levedura não tem sabor e resulta muito bem nas nossas massas, e foi isso mesmo, que comprovámos no nosso workshop.


Preparámos cerca de seis receitas, entre pães doces e folares. Fizemos o tradicional folar com o ovo. Amassámos e cozemos um folar de enchidos, um folar de carnes, um folar de rosas - que fica tão bonito! - um pão doce recheado com doce e fios de ovos, e uma trança de Páscoa.

Tanto pão bom para alegrarmos a nossa mesa de Páscoa. Os folares são também um excelente presente para oferecer nesta quadra festiva.


No final do workshop, degustámos tudo o que foi preparado, entre muitas conversas e gargalhadas. Sabe tão bem partilhar, com os outros, pão feito por nós. É uma satisfação que não se explica.

Um muito obrigada a todos os que participaram neste evento. Um especial agradecimento à Lallemand e à Activa Vita D por nos terem proporcionado esta manhã tão doce.


A todos, votos de uma Páscoa muito doce e com muitos folares na mesa.