Próximos Eventos
Lisboa 3 de Outubro de 2020
Sábado:
10h00 - 13h00      Workshop Receitas Rápidas para todos os Dias
 
 
15h00 - 19h00      Workshop de Pão para o Dia-a-dia
Inscrições/Vouchers: escola@istofaz-se.pt   218 078 640 IstoFaz-se

terça-feira, 10 de março de 2020

Grão-de-bico estufado com legumes


Há livros que nos conquistam, assim, que os começamos a ler. Dos últimos livros que li e que adorei, destaco O Monge que Vendeu o seu Ferrari de Robin Sharma. Obrigada a todos os que me recomendaram este livro! Não sei se é da fase da vida em que estou, mas o que é certo é que me identifiquei com tanta coisa que o autor nos apresenta.

A obra pretende levar-nos a "(...) aprender a viver uma vida mais gratificante, preenchida e esclarecida" através de um conjunto de etapas. Uma dessas etapas é olharmos para a vida de forma positiva, não deixar entrar pensamentos negativos na nossa mente.

« Não te podes dar ao luxo de ter um pensamento negativo, absolutamente nenhum. As pessoas mais alegres, dinâmicas e satisfeitas deste mundo não são diferentes de ti ou de mim, em termos da sua estrutura. Todos somos feitos de carne e de osso. Provimos todos da mesma fonte universal. Mas aquelas que não se contentam com subsistir, as que ateiam as chamas do seu potencial humano e saboreiam verdadeiramente a mágica dança da vida, fazem coisas diferentes daquelas cujas vidas são banais. Acima de tudo, adoptam um paradigma positivo acerca do seu mundo e de tudo o que existe. »

Sinto-me tão grata por me terem feito encontrar este livro. Esta é uma mensagem em que acredito, mesmo ainda antes de ter lido esta obra. No nosso dia-a-dia devemos concentrar-nos nas coisas boas, devemos pensar em melhorar aquilo que nos traz desconforto ou aquilo de que não gostamos, em vez de adoptarmos uma postura de "não sou capaz", "os outros têm sorte e eu não".

O modo como gerimos os nossos pensamentos influencia a gestão da nossa vida e o modo como nos relacionamos com os outros. Não conseguimos, obviamente, controlar as atitudes dos outros e as suas respostas, mas conseguimos controlar a nossa atitude perante esses acontecimentos. O modo como reagimos faz toda a diferença. Confesso que admiro as pessoas que perante determinados acontecimentos reagem com sentido de humor. Desde que me conheço que perante os obstáculos, tento pensar de forma positiva, optimista, mesmo que tenha o coração aos pulos.

« Independentemente do que possa acontecer na tua vida, só tu tens a capacidade de escolher como vais reagir. Assim que criares o hábito de procurar sempre o lado positivo em todas as circunstâncias, a tua vida alcançará as suas dimensões supremas. Esta é uma das maiores de todas as leis naturais. »

Vamos começar a olhar para a vida pelo lado positivo?

A vida é uma dádiva. Ela permite-nos sonhar, aprender, crescer, namorar, sorrir, chorar, viver ...

« Não existem erros na vida, apenas lições. Não existem experiências negativas, apenas oportunidades para crescer, aprender e avançar ao longo da estrada do auto-domínio. Da luta advém a força. Até a dor pode ser um professor magnífico. »

Passamos tanto tempo a julgar os acontecimentos como positivos ou negativos, quando o mais importante é vivê-los, celebrá-los e aprender com eles. E quando nos sentirmos desiludidos com os resultados que a vida nos traz, vamos acreditar que quando se fecha uma porta, abre-se outra.

E para saborear as coisas boas que podemos conseguir aproveitando a vida de forma positiva, deixo-vos, hoje, um estufado de grão-de-bico, que pode ser servido como prato principal ou como um delicioso acompanhamento.


Grão-de-bico estufado com legumes

Ingredientes para 4 pessoas:
1 cebola
1 folha de louro
60 ml de azeite
3 dentes de alho
2 cenouras
2 talos de aipo
1/2 pimento vermelho
1 colher de chá de coentros secos
1 colher de chá de colorau
1 pitada de pimenta-de-caiena
800 g de tomate pelado
200 ml caldo de legumes (ou água)
850 g de grão-de-bico cozido
Sal e pimenta-preta q.b.
Salsa picada para polvilhar q.b.


1. Levar um tacho ao lume com o azeite. Assim que estiver quente, adicionar a cebola picada e a folha de louro. Deixar refogar um pouco e juntar os dentes de alho picados.

2. Adicionar as cenouras cortadas em rodelas, o aipo e o pimento cortado em pequenos cubos, os coentros secos, o colorau e a pimenta-de-caiena. Mexer.

3. Juntar o tomate pelado picado e a água ou caldo de legumes. Temperar com sal e pimenta. Deixar cozinhar em lume brando até os legumes estarem cozidos.

4. Adicionar o grão-de-bico e deixar ferver uns minutos. Se necessário, rectificar os temperos.

5. Servir polvilhado com salsa picada

6 comentários :

  1. Eu sei que este não é um blogue daqueles "cuchi-cuchi" de auto-ajuda mas, estava a precisar tanto destas palavras! Ando sem paciência nenhuma para toda a maluquice que vejo.

    E adorei a receita, vou levar.

    Obrigada por tudo, Isabel!

    Um abraço do Algarve,

    Sandra Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra,
      palavras positivas e que nos encentivem a melhorar a nosssa, são sempre bem-vindas, verdade?
      Obrigada.
      A receita resulta tão bem, como prato principal ou até como acompanhamento.
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Mais uma deliciosa sugestão!!! Bjinhos e vou fazer em breve ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anjo-de-Mel,
      obrigada.
      Espero que gostem.
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Olá Laranjinha, li esse livro já faz alguns anos e continua a ser um dos meus preferidos dentro deste género literário. Se puder leia também "O Líder sem titulo" do mesmo autor. Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sininho,
      muito obrigada.
      Sugestão anotada.
      É um autor inspirador.
      Um beijinho.

      Eliminar